domingo, 7 de agosto de 2011

Jantar vegetariano

Se você pretende receber amigos em casa e deseja fazer um jantar fácil, mas ainda assim elegante, saboroso e capaz de impressionar até os mais exigentes convidados, criamos aqui um menu com as receitas. Sem dúvida você vai agradar até quem não é vegetariano!

Entrada: Salada de quinua
1 xícara de quinua,
3 xícaras de água,
50g de alcaparras.

Ferver até quinua crescer, ficar macia. Escorra e deixe esfriar.
Depois de frio adicionar: cenoura ralada, hortelã, agrião (vegetais a gosto), 1/2 xícara de uva-passa ou damasco seco, pepino com casca e sem semente.
Temperar no prato na hora de consumir com sal, limão e azeite.
Opcional: Na hora de consumir (já no prato) colocar castanha de caju picada e torrada.
Quinua cozida pode ser guardada na geladeira por até 4 dias.

Segundo prato: Sopa de batatas
3 batatas
1 cebola
3 xícaras de água
2 colheres de manteiga
Sal a gosto

Ponha um pouco manteiga numa panela grande. Coloque a cebola em cubos salteie até ficarem transparentes. Adicione a pouco sal e pimenta. Adicione 3 xícara de água e 3 batatas em cubinhos. Ferva com uma pitada de sal até ficarem macias. Sirva em cumbucas, enfeitadas com um galhinho de alecrim ou de salsa.

Prato principal: Cocotte de legumes em papillote
1 xícara de legumes mínis (cenouras baby, rabanetes, nabos, espigas de milho, abobrinhas, beterrabas, aspargos)
8 tomates-cereja
1 ramo de cebolinha
1 xícara de rúcula
1 xícara de champignons
Tempero
100 ml de azeite
250 ml de caldo de legumes
2 favas de baunilha
sal e pimenta-da-jamaica.

Cozinhe os legumes em água fervente por 1 minuto, retire-os e reserve o caldo. Corte a baunilha ao meio e leve ao fogo baixo no azeite. Quando o cheiro desprender, desligue o fogo e reserve. Faça um papillote (uma tigelinha) de papel alumínio, ponha os legumes e tempere com sal e casca de limão. Regue com o azeite de baunilha e o caldo de legumes. Feche o papillote e asse no forno por 5 minutos. Rende 1 porção.

Acompanhamento do prato principal: Purê de batata-doce com alho
1 batata-doce grande, descascada e cortada em cubos grandes
1 batata-inglesa do mesmo tamanho descascada e cortada em cubos
3 dentes de alho, picados e amassados
3 colheres de sopa de azeite de oliva
Sal a gosto
Leite de soja
Pimenta-do-reino moída na hora

Afervente as batatas em água até que fiquem macias.
Enquanto as batatas fervem, aqueça uma frigideira em fogo brando. Adicione o azeite e o alho (não pique, só amasse o alho) e deixe o alho boiar no óleo por uns dez minutos, para o óleo pegar o gosto e o aroma. Certifique-se de que o fogo está bem baixo, para não queimar. Se o alho escurecer, o óleo ficará amargo e você terá que começar tudo de novo.
Quando as batatas estiverem macias (espete com um garfo), escorra e amasse imediatamente com o espremedor. Adicione um pouco de leite de soja para dar liga, mexendo bem para exitar pelotas. Despeje o conteúdo da frigideira no purê, incluindo o dente de alho amassado. Amasse tudo muito bem com uma colher de pau. Tempere com sal e pimenta a gosto e sirva.

Sobremesa: Sushi de pasta de amendoim
2 colheres de sopa de pasta de amendoim
2 colheres de sopa de geléia de morando ou da fruta de sua preferência
2 fatias de pão integral

Tire a casca do pão. Amasse cada fatia com um pau de macarrão para que fique bem fina. Espalhe 1 colher de sopa de creme de amendoim e 1 colher de geléia sobre cada fatia de pão.
Enrole cada fatia apertando bem para não ficar frouxa. Corte cada rolinho em 4 pedaços e sirva com hashis. Se quiser fazer um molho imitando shoyu, dilua cobertura de chocolate em um pouco de água e sirva nas tigelinhas próprias para sushi.

Nota: Recomendamos vinho branco ou espumante seco como acompanhamento para todos os pratos, exceto a sobremesa. E depois da sobremesa, um licor de fruta brasileira.