quarta-feira, 21 de abril de 2010

Feijão

1/2 pacote de feijão (500g)
5 dentes de alho
1 cebola
1 folha de louro
óleo de soja
sal

Escolha o fijão para tirar impurezas. Lave, escorra e cubra com água limpa. Deixe de molho por uma hora ou duas.
Escorra o feijão e coloque na panela de pressão. Cubra com água até passar uns três dedos da altura do feijão. Coloque a folha de louro na panela.
Por cima da água, despeje um fio de óleo (mais ou menos três colheres de sopa de óleo).
Lembre-se de deixar um bom espaço na panela para o vapor da pressão. Pelo menos uns quatro dedos entre a água e a tampa da panela (caso contrário a panela pode explodir).
Tampe a panela (verifique se a válvula está bem encaixada e se não está obstruída) e leve ao fogo médio. Quando a panela começar a chiar, conte vinte minutos e desligue o fogo.
Enquanto o feijão cozinha, prepare o tempero.
Pique o alho bem fininho e a cebola em cubinhos (primeiro fatie a cebola, depois pique as fatias, é mais rápido). Frite a cebola e o alho em óleo de soja, no fogo baixo, até dourar bem (não deixe ficar preto).
Quando a pressão da panela sair, abra-a com cuidado. Despeje o alho e a cebola e 1 colher de sopa de sal. Mexa bem e deixe ferver novamente, sem colocar a tampa na panela. Experimente para ver se está bom de sal. Acrescente um pouco mais se necessário.
Se o feijão não ficar bem cozido, acrescente um pouco mais de água (cuidado para não ficar aguado), tampe a panela novamente e deixe cozinhar por mais cinco minutos. Tire do fogo e coloque a panela debaixo da torneira para esfriar e tirar a pressão.

Dica: Quando o feijão estiver pronto, separe a quantidade que vai comer no mesmo dia e no dia seguinte e coloque numa panela pequena. O restante, separe em pequenas vasilhas de plástico com tampa para congelar.
Depois de congelado, dura até três meses. Uma vez descongelado, não pode ser recongelado.

2 comentários: